Our Baby Alice


O que não te dizem sobre a maternidade (minha visão)

26/04/2013

  "O ministério da leitura adverte: esse post será gigante!"

  Quando a gente engravida parece que passa na nossa cabeça um filme lindo, onde mamãe e papais estão com seus bebês gordinhos e sorridentes sempre sorrindo, felizes e se amando e desejamos com toda a nossa força ser assim também. Até descobrirmos que isso é uma mera ilusão!!

 Já durante a gravidez percebemos isso quando ficamos enjoadas com qualquer coisa, cansamos depois de andar 2 quarteirões, engordamos cerca de 15 kilos e ficamos cheias de estrias. O Bruno costumava de chamar de tartaruga - muito amável esse meu marido viu! - quando eu não conseguia me levantar da cama...

 Acordamos de 5 em 5 minutos para ir ao banheiro e as vezes ainda acordamos eles para nos ajudar a levantar!! E o que são aquelas malditas câimbras no meio da noite? Eu acordava berrando e lá ia o Bruno fazer alongamento para a dor passar..

 Mas até ai tudo beleza né, porque nosso bebêzinho está ali, todo lindo e saudável dentro de você. Ai chega a hora do parto. Você já ficou nas ultimas 3 semanas sofrendo antecipadamente a dor que você vai sofrer de verdade. E nem se compara. Mas de novo, tudo beleza né, porque poderemos finalmente pegar o nosso bem mais querido nos braços.

 Ai que não né, porque seu filho nasce, eles só deixam você ter um mero vislumbre dele (não da nem para você ver a cor dos olhos dele viu, fala sério --' kkk), e levam ele embora. E ai que você tem que ficar um tempo na sala de recuperação, esperando, e contando novamente os minutos que você vai poder pega-lo no colo. 

 Passado esse tempo você vai para o quarto e finalmente te trazem seu bebê. Pedem para você colocar ele no peito e tentam te ensinar a péga correta, ai o bebê dorme e você coloca naquele bercinho deles. Ai no outro dia vai lá um monte de gente te visitar, ainda que durante o dia até ta tranquilo mas a noite eles correm o risco de te ver de camisola, com o peito vazando, toda descabelada e morrendo de sono, super daora receber pessoas assim!!

 Então você vai embora para sua casa e tudo parece um sonho. Você tem ali com você aquela bolinha cor de rosa, cheirosa, que não faz nada a não ser mamar e dormir, (tipo um vegetal de acordo com o Bruno kkk), e você curte aquele momento mais do que nunca.

 Ai vem a parte da amamentação, se você não teve problemas com isso, parabéns você é muito sortuda! kkk Mas a maioria tem, ou de falta de leite, ou de leite demais, de rachaduras e empedramento, que foi o meu caso, mas com muita (muita mesmo) paciência e força de vontade você consegue superar tudo.

 Ai seu bebê começa a sentar e você pensa 'legal, finalmente terei um pouco de paz, vou deixar ele ali sentadinho brincando e enquanto isso faço outras coisas'. Hahahaha, outra ilusão. Ai ele já sabe quem você é, e o que você é, e se você sai do mesmo comodo que ele, ele começa a chorar de um jeito que eu ainda não sei como os vizinhos não chamaram o serviço social!!

  Então você acaba tendo que ficar presa no mesmo lugar que ele, mas enquanto ele está só sentado tudo bem, o problema começa quando ele começa a engatinhar. Ai sim minha cara, acabou sua privacidade/tempo/paz/vida.

  Tá bom, a vida não, mas todo o resto sim. Porque ai você deixa seu bebê na sala e vai pro banheiro fazer um xixizinho básico e quando você menos percebe lá está ele olhando para você, querendo pegar o lixo do chão, o papel higiênico, e tudo o que estiver ao seu alcance.

 Ai que você tem que colocar tudo - literalmente - para cima, então você vai no quarto e os sapatos estão em cima da comoda, na sala os porta retratos todos em cima da tv, na cozinha tupperwares ficam em baixo espalhadas pelo chão e coisas de vidro e perigosas como facas ficam no armário na parte de cima.

 Então seu marido chega em casa e para você ter um tempo sozinha você fica no banheiro que nem uma rainha pensando na vida ou lendo um livro, pois só assim para você ter um pouquinho de paz! 
  
Porque quando eles aprendem a escalar, ai sim, é um sobe daqui, sobe de lá, e um quase tombo daqui, e um tombo de lá, e você atras só para pegar o bebê e descer ele do lugar que ele subiu, e você não sabe como ainda não enlouqueceu.

 Isso que a Alice ainda nem sabe andar....

 É claro que com um mero sorriso dela, ou uma gracinha para mim, me faz esquecer disso tudo e ser a pessoa mais feliz do mundo! 
  

7 comentários:

Gaby disse...

Oiii ana.. hahaha ainda nao nasceu meu baby, mas creio que seja exatamente assim mesmo rsrs beijos em vcs duas.... e adorei o post!!!

Thaty Oliveira . disse...

É difícil né amiga?! Más é assim mesmo. Um dia passa, e agente morre de saudade!
http://principecaioandre.blogspot.com.br/

Renata Oliveira disse...

Só não tive essa fase de escalar pq aki num tem nada p escalar so sofa e camas kkkkkkkkkk,mas de resto é isso ai msm!!!


bjinhoosss


www.reideas.com.br

Pollyana Noronha disse...

Hahahaha, sensacional, é bem assim mesmo!!

Leticia Mara disse...

adorei seu blog!Seguindo!
Poderia seguir o meu tbm?
http://asdescobertasdeumamamae.blogspot.com.br/

*Marcela Lima - A mãe do Davi* disse...

kkkkk morrendo de rir com este post, amiga!!! rs
Acho que deve ser bem isso mesmo!!! Ou pior um pouquinho, mas todas nós amamos e quem ainda não pegou o seu no colo, como eu,l por exemplo... Não vê a hora dessa loucura toda começar!!! hahahaaa

bjão, parabéns!!!!

http://meupequenoreidavi.blogspot.com.br/

Anônimo disse...

Ah.. sem falar do sono (ou falta dele), o banho e os pezinhos batendo molhando tuuudo, a briga para mudar roupa, a briga para dormir...
É bem cansativo msm.