Our Baby Alice


Carta para o papai noel - Correios

18/12/2012
  Como algumas sabem - ou não como eu - todo ano o Correio faz uma campanha solidária para o natal. Várias crianças mandam a sua cartinha para o bom velhinho e pedem as coisas que mais desejam. As pessoas vão no Correio e pegam uma dessas cartinhas e presenteiam uma dessas crianças, entregam no Correio mesmo e ele fica encarregado de fazer a entrega desses presentes para as crianças.
  Quando fiquei sabendo dessa história fiquei eufórica, queria muito ir pegar uma cartinha para fazer a boa ação de fim de ano. Fico imaginando aqueles pais que gostariam mas realmente não têm condição de dar uma boneca sequer para a filha, ou um carrinho para o filho, deve ser uma das piores sensações do mundo. 
  Fui toda contente e feliz ao Correio mais próximo na semana passada, peguei as cartinhas e comecei a ler. A maioria das crianças estavam pedindo coisas como patinetes, bicicletas, bonecas da barbie, notebooks, playstation, entre outras coisas caras. Poucas eram as que pediam uma roupa nova pois não tinham, ou um que me emocionei que estava pedindo uma cama. Queria poder ter tanto dinheiro para fazer uma boa ação do tipo. 
  Escolhi a de uma menininha que estava pedindo uma roupa e um sapato novo e um patinete, só que a cartinha dela estava pregada com outras duas e fui perguntar para a atendente do correio como que funcionava já que nunca tinha feito isso antes. Ela me disse que se eu quisesse pegar aquela teria que pegar as 3 pois elas eram irmãs e não pode uma ganhar e as outras não, até ai tudo bem, concordei pois realmente é o correto. 
  Então escolhi uma outra cartinha onde a menina pedia 3 brinquedos e perguntei para essa mesma atendente se eu poderia levar essa cartinha mas dar apenas um dos presentes. Ela me disse que era melhor não, que era melhor escolher outra carta. 
  Finalmente escolhi uma que a menina pediu uma boneca da monster high, pensei ' a uma boneca dessa deve custar no máximo uns 50 reais '. Fui embora toda contente com a cartinha na mão, quando pesquisei quase tive um treco, a boneca mais barata delas custa 100 reais!! Eu falei ' nossa eu praticamente não vou gastar tudo isso com a Alice que é minha filha, onde eu vou arranjar 100 reais para dar embora?' 
  Não me entendam mal, mas se fosse assim eu teria que ser rica para fazer uma boa ação, coisa que eu não sou!! Liguei no correio e contei o meu problema e finalmente falei com o responsável pelo negócio todo. Ela me disse que eu não precisava me preocupar em comprar exatamente o que a criança tinha pedido pois eles sabiam que muitas pedem coisas bem caras e que o importante era todas as crianças receberem alguma coisa, que eu podia comprar uma boneca mais barata no lugar. 
 E foi o que fiz, comprei uma boneca da Barbie, uma que é de praia sei lá, e levei lá no correio até a data que pediram. O que eu acho que está faltando é bom senso em todo mundo. Bom senso nos pais que escrevem certas cartas que eu li pedindo coisas que não fazem sentido,  bom senso no pessoal do correio para passar a informação correta e dizer que o que vale é a criança receber alguma coisa e não ser exatamente aquilo que ela pediu, e bom senso para todos os que tiverem um tempinho e um pouco de compaixão para ir lá e fazer uma criança feliz.
  Eu realmente espero que a menina para quem eu dei a boneca fique muito feliz, e que ela tenha um ótimo natal e um próspero ano novo, e que no futuro ela saiba que se alguém fez isso por ela que ela pode fazer isso por alguém e tornar isso uma tradição. É o que eu desejo fazer pelo menos.



8 comentários:

Jessica Nunes disse...

ah Aninha se eu já te admirava agora mais ainda...
parabéns pela iniciativa. A partiir do ano que vem farei isso junto com o Pedriinho... para ensinar a ele o valor das coisas.

Grande beeijo flor

Pâmela Carleto disse...

Ana, vc não é a primeira pessoa q vejo comentando isso, tenho várias amigas dizendo o mesmo, concordo quando vc diz q tá faltando bom senso dos pais, tem criança pedindo coisas q não estão precisando, tipo, eu passei minha infância super feliz sem precisar da boneca "monster high", kkkk...
odiariodamamae.blogspot.com

BPC disse...

O interessante é o momento em que você vai levar o presente. Ano passado um primo foi entregar pessoalmente o presente da criança que ele havia pego a carta. Então ele pegando o endereço percebe que a família da criança mora em dos melhores bairros aqui de S.B.O. e chegando na casa da criança percebe que se trata de uma família de bom poder aquisitivo ( não é qualquer um que tem um Vectra do ano...) falta um pouquinho de "se-mancol" em algumas pessoas... É uma iniciativa muito boa para ajudarmos aqueles que não tem condição, mas SEMPRE tem um para se aproveitar.

Bruna Araújo disse...

Eu também acho que falta bom senso no mundo inteiro. Você fez uma bela ação, e acredito que os pais que escrevem essas cartinhas dos filhos, deviam conversar com os próprios e falar que o importante é o Natal e não o brinquedo. Meu pai é gerente do correio, e ele fala que é impossível atender muitos pedidos.

ontendency.blogspot.com

Gaby disse...

Oláaaaa q atitude lindaaaaa me emocioneii parabéns beijossss ana deus abençõe vc e sua família

Iasmin Marques disse...

Nossa Ana, Parabéns viu??
E fico feliz quando vejo pessoas como você praticando o bem para outras pessoas!!
Eu mesma não sabia disso...
E achei super bacana isso, com excessão das pessoas aproveitadoras que acabam recebendo as coisas sem precisar!!

Bjos enormes em vc e na Alice!!

http://amaedadrii.blogspot.com.br/

Natalia facchi scheffer disse...

que linda a sua atitude,fico feliz de saber que existe pessoas maravilhosas assim como vc que pensa no próximo.:)

Reinaldo Ramos disse...

pai noel menome e rauanny eu moro em campina crande narua na paumeras onumero da minha casa e 2077 eu quero ganhar utablit que tenha emterneti chau papai noeu beijos.